Sobre tudo

Dia destes me dei conta de que há muito tempo que não apareço por aqui!
Isto não é nada bom, pois sou uma pessoa que sempre tenho muito para contar e compartilhar e que, de repente, me vi dando um breque em uma das coisas que gosto muito de fazer: escrever!
Tenho uma cabeça que ferve com ideias e, sempre que fico muito tempo sem colocá-las para fora, parece que vai faltar espaço lá dentro e dar uma pane geral.
Esta coisa toda de deixar o tempo me devorar não é algo que combina com a minha personalidade, mas confesso que nos últimos tempos dei uma ligada no piloto automático e deixei as coisas acontecerem. Fui fazendo tudo da maneira que talvez não seja a mais adequada, mas penso que em alguns momentos isto também é necessário para manter a sanidade mental.
IMG_20151214_123203202Na noite passada, já me entregando ao ócio que o fim de ano pede para pessoas como eu, apaguei as luzes da casa, deitei no sofá com a Isa sobre o meu peito e, assistindo Peppa Pig, ela adormeceu. Uma maré infinita de memórias me invadiu e a vontade de sentar e escrever me tomou de uma maneira incontrolável.
Pois cá estou eu novamente, pensando na quantidade quase que imensurável de situações vividas desde o aniversário da Isa, último post carinhosamente elaborado para minha princesa.
Nos últimos quase três meses passamos poucas e boas por aqui. Desde uma mamãe com um quadro de virose que passou para a família inteira e a deixou fora de combate por alguns dias – pontapé inicial para minha desestrutura temporal- até uma Isabela que decidiu colocar uma ração da coelha dentro do nariz e que teve que dar uma passada no PS para fazer uma faxina nasal.
Para além disto, estamos passando pela fase de tentar abandonar a fralda. Devo confessar que não está sendo muito simples, mas estamos deixando acontecer. As trocas de roupa são constantes e ela realmente não me pede para ir ao banheiro. Mas tudo bem. Já que começamos, vamos ver onde é que isto vai parar.20151120_112708
Nos próximos dias, por mais incrível que isto possa parecer, ela encerra seu primeiro ciclo de vida pré-escolar: seus dias no berçário estão chegando ao fim e, assim que o próximo ano começar, daremos boas vindas à educação infantil. Sim, ela está indo para o Maternal. Não sei com as outras mamães, mas isto mexe consideravelmente comigo. Cada dia mais meu bebê vai dando lugar a uma criança que está desenvolvendo uma autonomia linda e assustadora. É tanta coisa eu ela quer tentar fazer sozinha que me pergunto até quando irá precisar de mim.
Ela tem se tornado cada vez mais comunicativa e desprendida. Faz amizades com facilidade e aprendeu a perguntar o nome das pessoas e dos bichinhos de estimação de todo mundo. Ou seja, com muito mais facilidade do que eu, ela começa uma conversa com quem quer que decida fazer.
Está vivendo intensamente o clima de Natal, mas só no que diz respeito à decoração, pois o coitado do Papai Noel não tem vez com ela. Se for o bonequinho dela, tudo bem. Se andar e falar, nem pensar.
20151204_113447Eu estou contando os dias para as nossas férias e penso que ela também. Provavelmente ficaremos por aqui curtindo os amigos, a preguiça, os passeios aos parques, as visitas na casa das vovós e tudo mais que aparecer de repente.
Ah, a quem possa interessar, a chupeta ainda não deixou de fazer parte da vida dela. Tem usado principalmente na hora de dormir, mas é comum pedir em outros momentos. Portanto minha missão de ajudá-la a se livrar do bico de borracha até completar dois anos não foi cumprida com sucesso.
Bem, acho que por agora basta. Vamos ver o que os próximos capítulos da vida nos reservam!

Até breve!

Deixe uma resposta