O dia em que o Marcelo Tas falou da gente

Para criar este post, fui resgatar o texto que criei no dia em que me deparei com os nossos nomes em uma página da revista Crescer.

Escrevi sobre isto no primeiro dia do projeto #mais100diasfelizes. Vou colocá-lo na íntegra, pois mesmo que eu caprichasse muito na escolha das palavras, seria impossível reproduzir a mesma emoção.

Impossível descrever em apenas uma linha o meu momento felicidade de hoje. Porém, mesmo que eu escolha as melhores palavras, ninguém sentirá o que eu senti no momento. Mas mesmo assim, senta que lá vem história. Como já contei aqui mais de uma vez, gosto muito de visitar a banca de jornal e depois de xeretar um pouco, comprar alguma revista que tenha me chamado a atenção. Hoje, na minha hora de solidão, fui dar uma olhada na revistaria que fica bem próxima do meu serviço e depois de quase comprar a revista Pais&Filhos, acabei por decidir pela Crescer. Não sei exatamente o motivo, mas gosto mais do estilo dela. Peguei a revista, atravessei a rua e sentei na cafeteria para ler e obviamente tomar um café. Até fotografei este momento, pois tinha quase certeza que seria meu momento feliz deste dia. Pois eu não sabia que o que me deixaria mais feliz estava dentro da revista. Mais exatamente na coluna do Marcelo Tas. Eu já estava na escola e enquanto aguardava a hora de dar aula, comecei a ler a revista do fim, justamente porque gosto dos textos dos colunistas. Foi então, que enquanto eu lia o texto dele meu coração disparou. Disparou daquela maneira que parece que está batendo na garganta. Mas também, quem não teria seu coração disparado se inesperadamente visse o seu nome impresso no meio de um texto da revista? Sim, é isto mesmo. Eu e a Isabela fomos parar na coluna do Marcelo Tas na revista Crescer deste mês. Fruto de um email que eu escrevi para ele em uma madrugada de insônia, após ler um de seus textos quando a Isa ainda tinha 5 meses. Ler o nosso nome ali me despertou uma sensação de que o que escrevo realmente é capaz de ecoar pelo mundo de maneira positiva e que mesmo quando esta escrita é tão despretensiosa ela pode ir muito além do que eu imagino. Não consegui fazer uma boa foto do texto na íntegra, mas em breve estará disponível no site da revista e aí eu compartilho novamente”

O que mudou entre o dia da primeira publicação e hoje, é que agora é possível ler o texto na íntegra no site da revista, Quem quiser conhecer, o link está aqui.

http://revistacrescer.globo.com/Colunistas/Marcelo-Tas/noticia/2014/10/segredos-secretos.html

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Página da revista com o artigo do Marcelo Tas “Segredos Secretos”

Deixe uma resposta